O Meu Blog

Todos à minha volta parecem ter um blog? Porque é que não hei-de ter um meu, para dizer o que bem me apetecer? Assim aparece o Meu Blog...com letra maiúscula, como todas as coisas importantes!

domingo, agosto 23, 2009

Gosto de ti...

Começo a pensar que os homens não sabem a diferença entre a expressão dos vários tipos de afectos, ou se sabem, insistem em não as utilizar nos tempos correctos. Será que acham que isso os expõe demasiado ou que perdem uma parte importante da sua masculinidade? É que existe uma diferença óbvia e clara entre um "gosto de ti", "adoro-te" e o grande "amo-te", mas pelos vistos a massa cinzenta do género feminino é a única capaz de discriminar estas diferenças.
Todos sabemos que o amor evolui da paixão e que não faz sentido no início de uma relação dizer amo-te, não será claramente sentido...o termo deveria ser mais um "apaixono-te", porque é isso que nos atrai é isso que nos move. Mas ao fim de algum tempo não será normal AMAR a pessoa que está ao nosso lado, com quem partilhamos a nossa vida, as tristezas e as amarguras? Não é fantástico poder dizer com toda a certeza e sentimento AMO-TE? Isto não destrói absolutamente nada, não nos deixa a descoberto nem fragilizados, antes pelo contrário, aproxima-nos. Ama-mos e somos correspondidos...é fantástico, supremo!!!
Temo que os homens tenham medo tanto de pronunciar como de ouvir, é como se lhes colocassemos um autocolante a dizer "És meu para sempre!". Claro que será fantástico se assim fôr, mas uma relação só dura enquanto ambas as partes o quiserem, e não é por expressar os nossos sentimentos que nos aferrolhamos até à eternidade...infelizmente já nada é perpétuo...
Há outra versão masculina do facto de expressarmos os sentimentos mais profundos, é que os estamos a pressionar para fazer o mesmo...não há nada mais errado. Cada parte expressa quando acha que tem de expressar, estas coisas não se combinam...acontecem!
Gosto de ti, passa para um adoro-te e depois para um amo-te...e se tudo fosse perfeito era para sempre!!!
Estou cansada de parar no adoro-te, quero mais, quero um amo-te!!! Será pedir muito?

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial